PRESSEPORTAL Presseportal Logo
Tous Actualités
Suivre
Abonner Justice Initiative

19.09.2021 – 12:49

Justice Initiative

Abuso de crianças na Europa: Grupos de vítimas lançam iniciativa para resolver casos de abuso europeu

Berna, Suíça (ots)

Num encontro internacional na Suíça, grupos de vítimas de toda a Europa lançaram a "Justice Initiative" em grande escala. Com esta iniciativa política, o abuso de crianças, especialmente em instituições estatais e eclesiásticas, deve ser tratado de forma abrangente pela primeira vez em todos os países europeus. Em Setembro, será apresentada ao Conselho da Europa em Estrasburgo uma moção para levar o tratamento de casos de abuso ao nível pan-europeu. A iniciativa europeia é apoiada pela Fundação Guido Fluri, que já foi bem sucedida na Suíça com a "Iniciativa Reparações" e conseguiu uma reavaliação dos casos de medidas sociais obrigatórias.

A Europa tem violado a protecção das crianças durante décadas: Centenas de milhares de crianças e jovens tornaram-se vítimas de exploração, maus-tratos e abuso sexual. Especialmente em instituições estatais ou geridas pela igreja, os abusos mais graves ocorreram. Em vários países europeus, até há alguns anos atrás, houve remoções de crianças, adopções forçadas, esterilizações e experiências com drogas em crianças e jovens. Em muitos casos, as autoridades estatais foram parcialmente responsáveis pelo sofrimento sofrido, ou não conseguiram proteger as crianças das agressões. Até hoje, estes casos de abuso não têm sido tratados na maioria dos países europeus. Isto vai agora mudar. Grupos de vítimas de toda a Europa, bem como académicos e ONG, viajaram para a Suíça para lançar a "Justice Iniciative". Esta iniciativa política chama a atenção colectiva para um pedaço de história reprimido e para as vítimas que ainda hoje sofrem por causa dos abusos e da falta de reconhecimento público.

Quase 20 países europeus lançam iniciativa - Portugal também a bordo

«O Instituto de Apoio à Criança apoia esta iniciativa porque é imperativo apelar à sociedade que tome consciência da dimensão destes crimes, da inadequação de penas face à sua dimensão, ao sofrimento das vítimas e aos danos que causam na vida de um ser humano. Lutamos para que todas as Crianças vivam o seu Direito de crescerem e se desenvolverem com afeto e dignidade», diz Paula Paçó, Responsável Área da Cooperação Nacional e Internacional do Instituto de Apoio à Criança.

A "Justice Initiative" é apoiada por grupos de vítimas, académicos e ONG de todas as partes da Europa, incluindo o Instituto de Apoio à Criança. Numa declaração conjunta assinada por representantes de mais de 17 países até agora, o reconhecimento público da injustiça, a importância da reparação e a reavaliação académica são colocados no centro.www.justice-initiative.eu.

Moção a ser apresentada ao Conselho da Europa no prazo de 2 semanas.

"Esta iniciativa é central para a Europa", diz o Presidente da delegação suíça ao Conselho da Europa, o Conselheiro Nacional Pierre-Alain Fridez. "Só entrando em acordo com o passado é que podemos construir o futuro". Por esta razão, apresentará nos próximos dias em Estrasburgo uma moção que contém as exigências básicas da iniciativa e que deverá conduzir a uma reavaliação abrangente deste capítulo obscuro. O político está convencido de que a moção irá encontrar uma maioria esmagadora, segundo o político europeu.

A Suíça como modelo para uma reavaliação europeia

"O tempo das reparações é apressado", explica o iniciador Guido Fluri, que co-patrocina a iniciativa europeia com a sua famosa fundação e recebeu um doutoramento honoris causa da Universidade de Lucerna pelo seu empenho na protecção das crianças. "A maioria das vítimas são agora velhas e frágeis. Devem experimentar durante a sua vida como a injustiça é reconhecida e tratada em toda a Europa".

Na Suíça, a Fundação Guido Fluri, juntamente com os grupos de vítimas, fez da "Iniciativa de Reparação" um sucesso: mais de 10.000 vítimas que tinham sofrido os abusos mais graves receberam reparações. A Suíça está a trabalhar cientificamente nos casos de abuso e continuará a apoiar as vítimas com vários projectos. Com base na experiência suíça e nas soluções positivas de outros países, grupos de vítimas de toda a Europa juntaram-se para prosseguir este caminho político também a nível europeu. A "Justice Initiative" é uma expressão deste esforço. Ao chegar a um acordo com o passado, a protecção da criança na Europa deve ser reforçada a longo prazo.

Contato:

Mais informações em: www.justice-initiative.eu

Por favor, dirija as suas perguntas aos meios de comunicação social para: press@justice-initiative.eu